Segunda-feira, 22 de Agosto de 2005

Amoras

amoras.jpg


São doces
Sabem-me a Verão
Perfeitas
Como se cada grumo fosse desenhado
Com a precisão de um pintor

São como cerejas
Uma depois de outra
Raramente comidas frescas

São pertences desta terra onde o sol abunda
Cores de um luto enganador

Com picos se protegem
De folhagem se redobram
Que vidas guardam dentro de si

AMORAS!
AMORAS!
Uma dúzia de amoras!!!!
Que prazer me dão toca-las… e come-las!!!
rabiscado por Lisa às 05:43

link do post | favorito
De leitor/a a 25 de Agosto de 2005 às 23:12
Quando as apanho, é um vê se te avias. 1 abraçoNuno
</a>
(mailto:asd@asd.py)
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.