Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Seara de Cores

Gostava... gostava que este fosse o espaço onde o meu pensamento se lê...onde o meu sorriso se sente... e as minhas lágrimas se adivinham...

Seara de Cores

Gostava... gostava que este fosse o espaço onde o meu pensamento se lê...onde o meu sorriso se sente... e as minhas lágrimas se adivinham...

Feliz dia do Pai

Lisa, 19.03.12
 
 
 
 
 
 
Este é o primeiro ano em que não oiço a voz do meu pai, neste dia…
 
Sinto-o pertinho de mim… acompanha-me.
Mas dói-me não o ouvir, com aquela voz de quem sorria ao receber o beijinho da filha
E dizia… Parabéns tb à filha, porque é filha!
 
Dói-me ver as lembranças/presentes para o Dia do Pai nas montras, na tv, nas revistas…
fazem-me sentir ainda mais a ausência que nos outros dias.
 
 Conforta-me saber que de todas as que ofereci, as que realmente me lembro, são as que não comprei… foram os abraços trocados neste dia, sempre apertadinhos ( porque o meu pai aconchegava-nos assim  )  foram os bilhetinhos e postais, que deixava debaixo da almofada dele, para que só os lesse depois de me ir embora, pois nunca consegui dizer em voz alta todo o amor que lhe tinha… hábito que também ele adquiriu  com o tempo.
 
Cúmplices tantas vezes, bastava um olhar…
 
Tantas horas juntos… tanta conversa posta em dia… tantas confidencias trocadas… de Pai para Filha…  de Filha para Pai…
 
 
 
Meditava sobre o comemorar o Dia do Pai agora, faria sentido?
 
 
A resposta veio suave e com luz. Sim! Sim!
 
Tive a sorte de ter um Pai! Pai em todos os sentidos que a palavra referencia. Hoje não está presente fisicamente, mas está representado na minha formação e valores. Diáriamente sucedem pequenos acontecimentos, em que dou por mim a pensar que na “próxima” vez que estivermos juntos havemos de falar sobre eles, ou que tenho de o avisar que vai dar um programa que vai gostar…
 
Sim, faz todo o sentido, honra-lo neste dia, porque tive um PAI!
 
Sim, faz todo o sentido, honrá-lo neste dia, porque o sinto vivo no meu coração!
Não posso abraça-lo, não preciso esconder o postalinho na almofada, mas posso sempre recordá-lo orgulhosamente nos nossos momentos únicos e que foram muitos.
 
Por isto tudo…
 
 Pai… Feliz Dia do Pai! 
 
(com um xi apertadinho cheio de saudades…)
 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.