Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Seara de Cores

Gostava... gostava que este fosse o espaço onde o meu pensamento se lê...onde o meu sorriso se sente... e as minhas lágrimas se adivinham...

Seara de Cores

Gostava... gostava que este fosse o espaço onde o meu pensamento se lê...onde o meu sorriso se sente... e as minhas lágrimas se adivinham...

uauuuuuuuuu

Lisa, 28.10.04

1Random_Desert_Imagesp90600052.jpg.jpg

(george thorogood - bad to the bone)

Salto para cima da minha Harley imaginária

musica bem alta… estrada pela frente

O sol batendo quente no meu rosto

Os cabelos rebeldes dançando ao vento

Sorriso aberto

Que imensidão

Que grãozinho sou ali !!!

Como tudo se completa

O céu

a terra

o sol

o vento...

Ainda temos crianças?

Lisa, 21.10.04
livro-Jazinski.jpg
Hoje foi um daqueles dias em que fiquei tristinha

Os meus meninos…

Com uma sensação de culpa enorme por não os deixar ser crianças… e já têm tão pouco tempo para aproveitar, a adolescência está a bater à porta!

As quartas ferias são uma labuta que começa ás 7.00 da manhã, entram ás 8.15 na escola e a hora de saída é ás 18.30 de onde seguem para uma das actividades que lhes dá mais prazer, para ele o hóquei, para ela a dança. Assim sendo, voltam a entrar em casa ás 21.00. Jantam e ainda vão fazer os tpc`s. Hoje terminaram eram 23.00. Olhei os olhitos cansados, os dele contrariados e os dela marejados de lágrimas…São 15 disciplinas sem perder o ritmo. Estão no 3º ciclo. Custa crescer assim!!!
Como fazer com que não percam o andamento da “carruagem” e em simultâneo serem crianças sem tempos…?
Sento-me aqui, em frente ao pc e vou andando para trás no tempo, comparando o tempo deles e o meu tempo… o deles fica a perder!!! Eu tive tempo para ser criança, eles não.
Começaram com horário de expediente aos 3 anos, entrada no infantário ás 9.00 e saída ás 17.00. Entram pelo ensino primário já numa pressa, o ATL de manhã, a escola à tarde, os tpc´s antes de jantar o banho e o mimo a correr porque no dia seguinte o galito canta cedo.
Chega a idade do 2º ciclo, a mesma rotina… 8.15 entrada… dias inteiros na escola…as tarefas em casa…banhos e mimos a correr!!!
Rotinas de adultos em corpitos de crianças.
Onde fica aquela parte de sair da escola a correr, despejar a mochila em cima da cama ou num canto qualquer, lavar as mãos e engolir o almoço num instante, ir chamar a amiga que mora ao lado para ir brincar “à semana” ou à “macaca” ou à corda…
Como a vista do cima da arvore era óptima, que confortáveis aqueles troncos robustos que suportavam os nossos corpitos. Das brincadeiras de papinhas de terra nos tachinhos de barro e alumínio até aos jogos de bola, ao eixo e ás escondidas… que bem que me sabem ainda gargalhadas saídas naquelas alturas de rostinho coradinho de alegria de brincar.
De que se irão lembrar os meus meninos?
Que imagem gravarão da meninice deles?
Que meninice? Aquela em que os tempos de brincar são marcados antecipadamente em dias e horas…

Caminhada...

Lisa, 17.10.04
viagem1.jpg
(desert rose-sting)

Peito cheio de vida
Sangue quente que corre nas veias
Transportando energia , alegria, vontade…de ser feliz!!
Que inquietação esta, a de não me sentir completa…
Que me falta..?


“ I dream of rain
I dream of gardens
In the desert sand
I wake in vain
I dream of love
As time runs through my hand… “ (Sting- Desert Rose)

Uma vida!!!

Lisa, 14.10.04
images.jpg

.
“Em Dezembro passado a minha avó esteve pela 1ª vez num hospital a fazer um intervenção cirúrgica um bocadinho séria... estava tão fraquinha que teve de ser utilizada a epidural, representava menos riscos.Conversou com o médico durante a cirurgia, como se estivesse a receber alguém em sua casa (segundo o médico que nunca tinha assistido a tal coisa).
Conseguem imaginar um velhinho de 92 anos a visitar a sua companheira de uma vida numa cama do hospital pela 1ª vez?
Ela... com um ar muito envergonhado, de camisa de dormir , não tinha sido ela a pentear-se. Ele...chegando meio aflito mas cheio de alegria por poder olhar-lhe os olhos uma vez mais… baixar-se com timidez e dar-lhe um beijo cheio de ternura naquele rosto cheio de ruguinhas mas que para ele ainda é como o conheceu ainda na meninice.
Momento único!”

Tenho o nome da minha avó e gostava que quando fosse grande não fosse só o nome que tivéssemos em comum…com 1,40 é das mulheres maiores que já conheci !!!

Não poderia deixar passar sem uma palavrinha especial para a minha avó Elisa e o meu avô Cotovia que fizeram na sexta-feira passada (09/10/2004) 70 anos (Setenta) de casados.

Bem Hajam!!! Adoro-vos por tudo o que são!!!

Que rio...?

Lisa, 12.10.04
Estrada da Aldeia da luz.jpg
Foto de C.O


Que rio cortou a minha estrada?

Quem o autorizou a cobrir as minhas margens?

Tapando…refrescando… tornando verdejantes os meus sentires!

Como consegue reflectir a luz que sai de mim?

E com que delicadeza não me deixa tremer de frio…
Aquecendo-me …

Trazendo consigo o som da água que corre…
Acalmando-me …

Correndo imparável, irrequieto… traquina…
Envolvendo-me …

Águas transparentes que me encaram… enfrentam…
Seduzindo-me …