Quarta-feira, 2 de Fevereiro de 2005

Acomodados, insensíveis ou indiferentes?

Entrei na sala de chat que por acaso até tem o nome de sala da Amizade…só por acaso.

Estando eu no meu habitual estado observatório do geral, vejo passar uma questão que dizia mais ou menos isto:
- Que diriam vocês a alguém, que mesmo tendo uma família que gosta bastante dele, e tendo o emprego que sempre quis ter, deseja adormecer e não voltar a acordar?
Fiquei atenta ás respostas… que não surgiram.
Engano-me! Passou uma:
- Uma cx de comprimidos para dormir, ingerida toda de uma vez, deve dar resultado!!!
Umas linhas mais abaixo vejo outra frase que passa:
- Obrigado à única resposta que obtive. Para as outras pessoas que não responderam, é sempre mais fácil deixar passar ao lado, fingir que não se vê que os outros sofrem , não é? Afinal de contas nem me conhecem mesmo….
Fiquei a pensar sobre isto, até porque quem o escrevia era uma pessoa com quem muitas vezes já sorri na sala.
Seremos realmente assim?
Tipo avestruz?
Acomodados ou indiferentes?
Insensibilidade(?)
O que nos torna assim?
rabiscado por Lisa às 04:29

link do post | favorito
De leitor/a a 3 de Fevereiro de 2005 às 11:19
Por alguma razão me despertou a atenção, afinal já são alguns momentos de chat (para não dizer muitos)e não é tão dificil assim separar um pretexto para meter conversa de um pedido de ajuda, basta ter alguma sensibilidade e estar atento aos outros...
Mas realmente continua a ser mais facil acharmos que possivelmente seria um só um pretexto para meter conversa....que assim seja!!!
(Na partilha de sorrisos destingue-se muitas vezes lágrimas escondidas)
Saí do meu casulo, perguntei... quem me dera que os meus sinais de alerta sejam enganosos.emmep
</a>
(mailto:emmep@sapo.pt)
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.