Terça-feira, 15 de Março de 2005

Estarei sempre aqui!



Estou sentada no meu canto, a ouvir as minhas músicas.
Acompanha-me neste momento a Mafalda Veiga,
Gosto do que escreve

Sendo este gosto partilhado com alguém de quem gosto muito
E que muitas vezes já me acompanhou nestes momentos de Mafalda
Apeteceu-me deixar aqui estes versos dela…


O meu Abrigo (Mafalda Veiga)

Olha para mim
deixa voar os sonhos
deixa acalmar a tormenta
senta-te um pouco aí

Olha para mim
fica no meu abrigo
dorme no meu abraço
e conta comigo
que eu estarei aqui

Enquanto anoitece,
enquanto escurece
e os brilhos do mundo
cintilam em nós

Enquanto tu sentes
que se quebrou tudo
eu estarei
sempre que te sentires só

Olha para mim
hoje não há batalhas
hoje não há tristeza
deixa sair o sol

Olha para mim
fica no meu abrigo
perde-te nos teus sonhos
e conta comigo

Enquanto anoitece,
enquanto escurece
e os brilhos do mundo
cintilam em nós

Enquanto tu sentes
que se quebrou tudo
eu estarei sempre
que te sentires só

Enquanto anoitece,
enquanto escurece
e os brilhos do mundo
cintilam em nós

Enquanto tu sentes
que se quebrou tudo
eu estarei sempre
que te sentires só ...

Eu estarei sempre… que te sentires só!!!!
rabiscado por Lisa às 15:21

link do post | favorito
De leitor/a a 17 de Março de 2005 às 22:23
Gostei desse poema, embora não goste muito da voz da Mafalda Veiga... (tinha de vir a voz do contra, eu sei...).. Beijinhos, emmita!patupi
</a>
(mailto:skanevasse@faziassecaski.com)
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.