Quinta-feira, 6 de Abril de 2006

Pontos de interrogações...

  Desenho de : Manuel e Maria   - "Um espaço de serenidade"                               

 

                    

Quero ser forte e olhar nos olhos, o gato bravo que me mostra as garras por uma festa que lhe faço.

 Dão-me tanto prazer a mim como ele,

as festas, os mimos, as atenções...

 

Porque deixou que me sentasse no seu colo e lhe afagasse o pelo?

E ao faze-lo,  porque permiti que me aquecesse as mãos frias?

 Porque não deixou que continuassem geladas?

Ainda bem que as aqueceu...

Doiam-me ...

rabiscado por Lisa às 01:49

link do post | comentar | favorito
|
3 comentários:
De leitor/a a 14 de Abril de 2006 às 11:10
'Quero ser forte e olhar nos olhos, o gato bravo que me mostra as garras por uma festa que lhe faço.' - Isto é lindo!!! Ainda bem que aqueceste as mãos. A mim aqueceste o coração :) Um beijo enorme, emmita querida.Carla
</a>
(mailto:carla.pedro@gmail.com)
De leitor/a a 7 de Abril de 2006 às 11:14
Há momentos em que qualquer comentário parece demais. Só para saberes que a tua leitora fiel teve aqui. ;)
Beijokinhas da,
BiaBia (min_lx)
</a>
(mailto:misa1414@hotmail.com)
De luisamonteiro@aeiou.pt a 7 de Maio de 2006 às 16:18
Que lindo poema! Poesia deve ser isto mesmo: eternizar um momento de cristalina beleza. Que bela estalactite!
Continua a poetar, POETA!

Comentar post