Sexta-feira, 31 de Março de 2006

Amores

                                             

--/--

 Fazendo canudinhos no meu cabelo, perco-me em pensamentos que me suavizam e humedecem o olhar ....

E quando pela 1ª vez nossos olhos se cruzaram....

E quando pela 1ª vez toquei a tua pele macia ...

E quando pela 1ª vez tive a noção que a tua vida dependia de mim ...

 E quando aquele 1º sorriso foi meu...

E os 1ºs passinhos? inseguros mas com vontade de correr pelo mundo.

Os teus olhinhos negros, grandes, ouvindo-me cantar... Para ti!  Que sorriam sempre que viam o meu sorriso...

Eras tão pequenina... Cabias no meio das minhas duas mãos, aconchegadinha . Sempre atenta tentando ver onde eu estava. 

Tão pequenina...

Hoje, estás quase da minha altura

De olhos grandes e negros lindos

De pele moreninha, cabelos negros e sorriso fácil

Uma menina que está na idade descobrir como funciona o mundo

Estarei sempre por perto, mesmo sem dares por isso Terás sempre uma mão estendida e um colo reservado, que sempre foi teu.  No coração, um amor sem peso nem tamanho.
Sim sou a mãe!
A Tua Mãe e gosto de te ouvir dize-lo...

--/--

Poema à mãe

 Não percebo porque dizes que me conheces,

 Eu acho que não.

Não percebo porque estás sempre a bater na mesma tecla,

Não nos leva a lado nenhum.

Não percebo porque me perdoas sempre que erro,

 Mas ainda bem que o fazes.

Não percebo porque discutimos,

Por coisas sem importância.

Mas sim...

percebo o porquê de te amar,

Nesses teus olhos expressivos (Lindos!),

Vejo que também gostas de mim,

Independentemente do que faça...

E sim! quero-te sempre comigo!

Amo-te Mãe!

Filipa

rabiscado por Lisa às 18:18

link do post | comentar | cuscar (6) | favorito
|
Sábado, 18 de Março de 2006

Lagos de águas escuras mas calmas...

               

 

Às vezes no meio da tempestade,

Encontramos lagos de águas escuras mas calmas …

Onde por momentos podemos descansar, matar a sede e respirar fundo

 Será a sua função?

A de esperar alguém perdido depois de uma tormenta,

encoraja-lo a caminhar depois de o refrescar?

rabiscado por Lisa às 00:47

link do post | comentar | cuscar (4) | favorito
|
Domingo, 5 de Março de 2006

...

                                               

Espero...

Espero... aguardo...

Respeito!

 Eu sou ...

sem espaço ... 

sem tempo ...

sem caminho ...

Mas presente quando assim o desejares, sonhares ou precisares!

rabiscado por Lisa às 00:12

link do post | comentar | cuscar (4) | favorito
|

.translate


.Caixinhas arrumadas

. Outubro 2013

. Março 2012

. Maio 2011

. Abril 2009

. Janeiro 2009

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Março 2008

. Janeiro 2008

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

.jardins por onde passeio