Sexta-feira, 19 de Novembro de 2004

A minha serra...

arrabida.jpg

Foto de: C.O.

Casa onde tudo era assim … verde e azul .
Hoje está cheio de pedras e troncos nus escurecidos pelo fogo.

Estive na véspera do incêndio, a imagem que tinha na memória ainda era assim como na foto.
Ontem voltei à serra.
Como que envergonhada pela nudez com que se vestia, estava repleta de neblina …

(Quem se terá esquecido que por baixo daquele verde de paz e serenidade existia uma base forte… sólida de pedra e vontade?)

Os poucos grãozinhos de terra que tem, alimentam as pequenas plantas que lutam por sobreviver.
Venha ela!!! (A VIDA!!)
Que brote na serra ccheia de genica!
Que renasça a serra com a força que transmite, com a energia positiva com que cativa todos os que a visitam e ficam a sentir que têm ali um bocadinho de seu…

A minha serra!!!

Que não deixa de ser de todos nós…
rabiscado por Lisa às 19:27

link do post | comentar | favorito
|
7 comentários:
De leitor/a a 27 de Novembro de 2004 às 13:04
No silêncio profundo daquela cas "minha" rodeada de montanha, nada ardeu.Carlos
</a>
(mailto:Carlmon110@hotmail.com)
De leitor/a a 27 de Novembro de 2004 às 09:48
Parceira,
Costumava sair todos os Domingos de manhã, de mota, para cheirar a tua (nossa) serra...O meu passeio de limpeza de alma, como eu costumava dizer.
Nunca mais o fiz...
Sei o que sentes, acredita!
Mas voltarei breve, para ver essa fénix renascer das cinzas.
Ela merece, por tudo aquilo que me deu e me fez sentir...
Por todas as sensações que nos ofereceu...
Alegra essa alma dorida, miguinha, a magana da serra é das valentes e há-de mostrar a quem lhe fez mal que lhes é superior.
Beijos com aroma a rosmaninho.ferrus
</a>
(mailto:falcato.joao@clix.pt)
De leitor/a a 22 de Novembro de 2004 às 01:04
Nas sábias palavras de Spielberg, no "Parque Jurássico": life always finds a way... Beijos, emmita***patupi
(http://www.100tretas.blogspot.com)
(mailto:apatupi@hotmail.com)
De leitor/a a 22 de Novembro de 2004 às 00:58
A tua serra é lindaaaaaaaaaaaaaaaa !
Esta foto é das mais belas e representativas dessa paixão que é tua.
Não vou comentar as causas, as consequências ou o incêndio em si. É monstruosamente deplorável o que se faz e o que se ganha com todo este jogo de interesses.
Apenas te digo: (ainda) vale a pena lutar por um espaço verde como a (tua) Serra da Arrábida. Um beijo.Gonçalo
</a>
(mailto:goncalopma@iol.pt)
De leitor/a a 20 de Novembro de 2004 às 01:47
Independentemente da profissionalização dos bombeiros e da sua especialização em fogos florestais, da reparação e aquisição de meios, do planeamento e cordenação regional e local, de um sistema de comunicação eficaz, da limpeza regular e criação de caminhos de acesso e da eventual condenação de culpados que operaram a título individual, alguns dos suspeitos até já eram reincidentes. Cá entre nós, apuremos os motivos. Quem é que lucraria? A indústria da madeira, do papel, da construção civil?
Quem é que pagaria para depois ganhar dinheiro.Stela
</a>
(mailto:clau@clau.pt)
De leitor/a a 19 de Novembro de 2004 às 22:58
A Mãe Natureza, depressa restabelecerá o equilíbrio. Claro que para nós 10 ou 15 anos, é muito tempo, relativamente à nossa esperança de vida, mas a natureza é assim. E até o fogo faz parte dela, como o verde e o azul que nos mostras.
Na primavera já haverá muitas flores e pequenas florinhas a despontar.
1 abraço, emmitaNuno
</a>
(mailto:Adoro@verde.verde)
De leitor/a a 19 de Novembro de 2004 às 21:08
Nunca deixará de ser, emmita linda. E vai renascer das cinzas mais bela do que nunca :) Beijo grande :)Carla
</a>
(mailto:cferreirapedro@sapo.pt)

Comentar post